Certified Criminal Law Specialist in Phoenix and Scottsdale, AZ
Mar
27

Delegado ignora críticas e intensifica caça aos imigrantes ilegais

By

Não é raro que os órgãos policiais tenham helicópteros e aviões para patrulhar do alto, mas o delegado do condado de Maricopa, Joe Arpaio, criou o que ele chama de sua própria força aérea: uma coleção de 30 aviões particulares que sua “equipe aérea” usa para perseguir imigrantes ilegais e traficantes de drogas.

No que Arpaio está chamando de Operação Céu do Deserto, pilotos particulares começaram a voar sobre o centro do Arizona para atuar como batedores para o Departamento de Polícia do condado de Maricopa. A vigilância aérea ainda não levou a qualquer detenção, duas semanas depois de seu início, mas Arpaio disse que terá um efeito dissuasor.

Em resumo, o xerife Joe – como ele é geralmente conhecido – ainda está experimentando.

Apesar de empecilhos nos tribunais à agressiva lei contra imigração ilegal do Arizona, duas investigações federais em curso das práticas policiais de Arpaio e uma auditoria de seu orçamento divulgada esta semana, que descobriu desvios de milhões de dólares, o delegado – como é vivamente salientado pela criação de sua força aérea – não recua na perseguição aos imigrantes ilegais, nem dos refletores.

“Este é apenas mais um programa polêmico que eu não considero polêmico”, disse Arpaio à sua maneira brusca característica.

Na quarta-feira (13), autoridades do orçamento do condado de Maricopa – um lugar extenso, grande como alguns Estados americanos, que inclui Phoenix, a sexta maior cidade dos EUA – descobriram que o Departamento de Polícia tinha usado quase US$ 100 milhões em verbas destinadas à manutenção das cadeias para outras atividades, incluindo o pagamento de salários de assessores destinados a descobrir contrabando de pessoas e corrupção pública.

Arpaio, que culpa os erros de contabilidade pela descoberta da auditoria e acusa os críticos de tentar explorá-la, não foi à audiência do orçamento e apareceu diante da tinturaria Monte Carlo, onde seus policiais detiveram seis mulheres acusadas de usar identidades falsas para conseguir empregos, um crime estadual.

Como sempre, a imprensa foi chamada para registrar o delegado de fala dura, que declarou que esta era a 44ª empresa que ele tinha vasculhado em busca de imigrantes ilegais nos últimos anos. Se estava sentindo o calor das crescentes críticas a seu departamento, Arpaio, vestindo uma jaqueta de uniforme com quatro estrelas douradas em cada ombro, não o demonstrava.

Antes da tinturaria, os policiais tinham feito batidas em diversos restaurantes asiáticos Pei Wei, detendo dezenas de trabalhadores e levando a rede a publicar um anúncio de página inteira procurando funcionários para suas cozinhas. Em toda a região existem lanchonetes, lavadoras de carro, lojas de móveis e outras em que os policiais inesperadamente apareceram pedindo documentos.

“Estamos criando vagas para que essas empresas possam contratar pessoas legalmente”, disse Arpaio. “Eu apenas fiz algo pela economia. Não recebo créditos suficientes por isso, do Departamento de Justiça ou do resto dos críticos. Eles acham que é apenas um xerife mau que está prendendo lavadores de pratos.”

O condado de Maricopa tem uma relação de amor e ódio com Arpaio, 78 anos, um veterano que habitualmente vê protestos diante de seu escritório no centro da cidade, mas também recebe aplausos de fãs na rua e convites de políticos ansiosos por seu apoio.

Diante da tinturaria, um homem que não conseguiu deixar camisas para lavar na quarta-feira de manhã porque a loja não estava aceitando mais roupas, elogiou as batidas de Arpaio e declarou sobre os trabalhadores detidos: “Se eles estavam no país ilegalmente, precisam sair daqui”.

Mas uma mulher que fora buscar sua roupa estava furiosa, enquanto esperava que a comoção terminasse. “Estamos cansadas do xerife Joe”, disse ela, que como vários outros no local não quis se identificar. “Esses trabalhadores estavam sustentando suas famílias. Não eram violentos. Isto é ridículo.”

A crítica foi igualmente intensa no mês passado quando Arpaio permitiu que o ator Steven Seagal usasse um veículo blindado para executar um mandado de busca em uma grande batida contra uma suposta rinha de galos.

“Nunca vi um espetáculo maior”, disse Robert J. Campos, advogado do acusado, Jesus Llovera. “Havia Steven Seagal em um tanque e uma equipe da SWAT invadindo uma casa, mas a realidade é que prenderam um homem desarmado.”

Arpaio disse que Seagal foi um de muitos voluntários que ajudaram os policiais. Mas segundo Campos a batida foi filmada como parte do programa de TV-realidade de Seagal, “Lawman”, na rede A&E.

Para obter pistas sobre quais empresas deve vasculhar, Arpaio usa uma linha telefônica confidencial, cujo número está pintado na porta da camionete usada para transportar os suspeitos para a cadeia de Arpaio, uma cidade formada por barracas.

“Meus amigos ativistas não gostam disso”, disse o delegado sobre o uso de informantes. “Alguns políticos não gostam. Mas eu decido o que fazer.”

Trabalhadores descontentes, atuais e antigos, são os informantes mais eficazes, dizem os policiais, já que oferecem as informações mais precisas sobre supostos imigrantes ilegais que trabalham em uma empresa. Muitas dicas, porém, são de clientes contrariados ao encontrar tantos latinos trabalhando em um determinado lugar.

“Recebemos ligações o tempo todo que dizem: ‘Há hispânicos em um McDonald’s e eles não falam inglês'”, disse o tenente Joe Sousa, comandante da divisão de tráfico humano do departamento. “Isso é discriminação racial, e eu ignoro. Precisamos de dados específicos.”

A linha-quente também recebe muitos chamados comentando sobre Arpaio. “Muitas ligações são ‘É isso aí, Joe!’ ou ‘Nós o odiamos, Joe'”, reconheceu Souza.

Arpaio tem uma crescente concorrência para o título de delegado mais famoso do Arizona quando se trata de imigração ilegal.

Larry Dever, o delegado do condado de Cochise, na fronteira mexicana, recentemente atraiu a ira de Michael Fisher, diretor da Patrulha de Fronteira federal, quando afirmou que os agentes da patrulha estavam intencionalmente deixando de prender alguns imigrantes ilegais para manter baixos os números de apreensões. “Completamente, 100% falso”, respondeu Fisher em uma carta.

E o xerife Paul Babeu, do condado de Pinal, declarou que seu município era o epicentro do contrabando. No início de fevereiro ele previu que seus policiais se envolveriam em um grande tiroteio com membros do cartel das drogas em um ou dois meses. Seus comentários levaram três prefeitos da fronteira a escrever uma carta dizendo-lhe para parar de exagerar a verdade e “criar pânico”.

Arpaio pediu que Babeu investigasse alegações de que três assessores de Arpaio, incluindo seu vice-delegado, David Hendershott, tinham praticado desvios no serviço. Babeu entregou os resultados para Arpaio esta semana, mas eles ainda não foram divulgados. Em uma entrevista em seu escritório, Arpaio desconsiderou o crescente coro de críticas a sua conduta. Ele disse que poderia adotar um novo conjunto de roupas íntimas cor-de-rosa para seus detentos, e tirou uma amostra delas de um armário, com um gesto floreado.

“O presidente pode ter uma zona de exclusão aérea sobre a Líbia, mas nunca haverá uma zona de exclusão aérea na minha área”, ele disse, pausando por um momento e depois acrescentando: “É uma boa frase, não é?”

Categories : Blog

Comments are closed.

Robert J Campos News Videos

Testimonials

You’ve made me look forward to the future years of my life with much more enthusiasm. Thank you so, so, much for all of your hard work. — Donald

"I would like to thank you for all your support and effort you made for us. I know this was not an easy case. Thank you for believing in me even when there could have been a doubt….. Thank you for everything." — Rachel

"Just wanted to say how much Janet and I appreciated you help representing Nick recently. I selected someone I knew was an excellent attorney I could trust and believe in. Thanks for your help." — Hector & Janet

“When Jeff called me to tell me of the deal you created for Donald [the client] I burst out with cries that [Jeff] thought was laughing with joy…. Well they were but accompanied with so much emotion and deep gratitude…” — Rebecca

"I want to take this time to thank you for representing me and for doing such an outstanding job defending me. Words can't express how relieved and gratefull I was to you and the Lord above when I heard the good news. You have restored my faith in the law and proved that there are good people who care. I promise I will be more careful in the future and when I meet anyone who needs a good attorney, I will gladly recommend you" — Alfredo

I just wanted to take this time to thank you for all you have done for us. It will all work out for the best in the end — Sam & Raychal

You really made a difference—and you truly are appreciated. Thank you very much! — Steve

"I just wanted to let you know how much I appreciate all that you’ve done for me. Don’t take this the wrong way, but I hope I never have to call you after this. But I know who to call if I do get into a bind…" — G.A.

"I'll start this letter by first letting you know that I was very impressed by your performance in court. I want to thank you for a job well done. May you have continued success to help others in such situations as mine to not only to get them out of jail or prison but to let them go back to their families and get their lives back on track. Once again, job well done and God Bless you and your family." — Rene

"Thank you again for taking care of my case, you did a GREAT JOB!" — Sincerely, S.L.

"I am writing to thank you for everything you have done for me. I also want to thank you for believing me. Everything I told you was the truth. I think you did a wonderful job. I couldn't of had a better lawyer." — Tisha

"Midpoint on probation and my P.O. put me in for early release. Reflecting back over the past years I especially want to thank you for working so hard to give me my life back. So, thank you Robert -- a day does not pass without me thanking God for you --" — Jeff

"I know you now know that this is the most devastating experience I have ever found myself in. Being found "Not Guilty" on all counts in both the criminal and civil cases, was the most profound experience of my life. I will never forget that Friday evening and how it felt to have the weight of the world finally lifted from my shoulders. I consider myself very fortunate to have selected you to represent me and hope you will accept my thanks again as genuine and heartfelt" — Gerry

"I’ll start this letter by first letting you know that I was very impressed by your performances in court. I want to thank you very much for a job well done… May your continued success to help others in such situations as mine to not only get them out of jail or prison, but to let them go back to their families and their lives back on track. Once again, job well done and God bless you and your family." — Rene

"I want to thank you for everything you did for me. You are the best lawyer that I know. Thank you for convicing the State that I was not the suspect. My birthday [was] on the [date] the case was dismissed...so thank you for giving me the best birthday gift that I ever got. — Raymond

"I want to let you know how very grateful I am to you for holding me up, keeping me going and pushing for me when I couldn't. You put up with a lot from me during the past months. I couldn't and wouldn't have been able to carry through with the trial had it not been for your support and caring. You are a true friend, and I will always think of you that way." — Erma

Thank you for everything you have done for my brother Bo. I hope the next time we meet it will be in better circumstances. Take care and God bless you [and your secretary Lizet]. — Lydia

"We give thanks to you for the battle you fought for Woody and me. You have given us our future together back and are responsible for the good we are able to do. Thank you and God bless you for your friendship and talent." — D. and W

"Siempre te llevare en mi corazon. Eres muy especial para mi. Que Dios te bendiga" — Sandra

"I would like to thank you and your faculty and let you know how much I appreciate all that you have done on my behalf… I never got to properly thank you for your advice and support. You did more than I expected and I wish you were still there. I hope one day I can repay you for services rendered. I thank you for your concern and I thank you for your time." — Sincerely, A.A

Contact Us

Robert J. Campos & Associates

51 East Lexington Avenue

Phoenix, Arizona 85012

Phone: (602) 222-3440

Fax: (602) 595-9683

Email: info@robertjcampos.com